Que a culinária japonesa possui muitas peculiaridades e seus pratos são originais e diferentes o suficiente para serem considerados exóticos fora do oriente, todos nós já sabemos. Mas até que ponto você acha que chega essa peculiaridade? Separamos cinco pratos pra lá de exóticos para você entender que a culinária japonesa sempre pode te surpreender mais.

  • Shikaro

O primeiro prato que separamos é o Shikaro, considerado uma iguaria no Japão. O Shikaro nada mais é do que testículos de peixe recheado de sêmen.
Ele leva as genitálias e o líquido seminal geralmente de peixes, mas também de moluscos e outros animais aquáticos.
Apesar de exótico o prato é rico em ômega 3 e 6, o que faz super bem para a nossa saúde. Você teria coragem

  • ikizukuri

ikizukuri é um tipo de sashimi, só que servido com o peixe ainda vivo. Em alguns restaurantes o cliente pode escolher o peixe em um aquário, o chef pesca e prepara o prato na frente do cliente, retirando o intestino e fazendo pequenos cortes no peixe com cuidado para que o coração não seja atingido, a fim de que o cliente possa sentir o coração pulsando quando for saborear o prato. Além do órgão pulsar a boca do peixe muitas vezes ainda está em movimento quando o prato é levado à mesa. Você prefere esse sashimi ou os convencionais?

  • Kujira

Kujira é a famosa carne de baleia e independente do que a comunidade internacional pensa, o Japão continua a sua polêmica caça de baleias todos os anos, a carne é vendida abertamente no Japão. Essas caças são uma fonte de conflito entre os países e organizações pró e anti caça-baleias.
É muito comum que essa carne seja servida em escolas como merenda, já em restaurantes ela não é tão comum. Tão polêmico como a caça é, você poderia pensar que a carne de baleia teria um sabor incrível, mas a maioria descreve o sabor como um pouco sem graça e dura. Você provaria essa carne?

  • Shirouo no Odorigui:

Outro prato conhecido como Shirouo ou Odorigui, são aqueles peixinhos transparentes. Até aí tudo bem, tendo em vista que desde a época do regime feudal japonês as ilhas japonesas têm sua alimentação baseada na atividade pesqueira, pois há a predominância de diversas correntes marítimas quentes e frias, tornando esses locais um habitat perfeito para vários tipos de peixe. O diferencial é que esses peixinhos são comidos ainda vivos e quem opta por esse prato pode sentir os peixes se debatendo dentro da boca até engolir. Deve ser uma sensação bem estranha, não é mesmo?

  • Fugu:

E o último prato, mas não menos importante, é o fugu. O fugu é um peixe servido no Japão, que deve ser preparado com o animal ainda vivo, pois ele contém veneno em várias partes do seu corpo. Apesar do nome estranho, o fugu é o mesmo que conhecemos pelo nome de Baiacu, e é considerado o segundo vertebrado mais venenoso do mundo. O cozinheiro deve ter muito cuidado ao preparar o prato, e é preciso ser um especialista para fazê-lo, pois se restar uma só parte do peixe com veneno, até mesmo o sangue que também é cheio de toxinas , quem comer pode ter seus músculos paralisados, ter uma parada cardiorrespiratória e morrer. A carne do peixe depois de todo o preparo é cortada em fatias bem pequenas e servida como um dos sashimis mais caros que existem. Você arriscaria provar um pedacinho?

Esses foram cinco dentre muitos pratos exóticos que o Japão pode oferecer. Agora você já sabe que o Japão sempre pode te surpreender com a sua culinária pra lá de peculiar, não é mesmo?

Siga-nos:
https://i2.wp.com/blog.aeru.com.br/wp-content/uploads/2016/08/DSC_0053.jpg?fit=1024%2C681https://i0.wp.com/blog.aeru.com.br/wp-content/uploads/2016/08/DSC_0053.jpg?resize=150%2C150Sheila RodriguezArtigoscomidajaponesa,hashi,Japão,japones,japonesefood,sushiQue a culinária japonesa possui muitas peculiaridades e seus pratos são originais e diferentes o suficiente para serem considerados exóticos fora do oriente, todos nós já sabemos. Mas até que ponto você acha que chega essa peculiaridade? Separamos cinco pratos pra lá de exóticos para você entender que a... Cultura Japonesa - Notícias, Novidades e muito mais!