A maioria de nós – amantes da gastronomia japonesa – já usa o molho shoyo não só para acompanhar o sushi e sashimi, mas para temperar pratos do dia a dia e dar aquele toque especial na comida num dia em que ela está mais sem graça.

O que muitas pessoas não sabem é que por mais delicioso e prático que seja, o molho shoyo também esconde perigos para a saúde quando consumido em excesso e com muita frequência. Hoje falaremos sobre essas questões e daremos dicas de como consumir o molho shoyo de forma segura!

molho shoyo

3 perigos de consumir molho shoyo em excesso

O shoyo é um molho de soja que possui altas taxas de sódio e pode ser perigoso para algumas pessoas. Procure evitar o consumo de molho shoyo se você:

  • Tem problemas no coração
  • Possui tendência a retenção de líquidos
  • Sofre de pressão alta

Tudo isso porque o sódio é um mineral necessário para a manutenção das atividades do nosso corpo, porém quando ingerido em excesso ele pode prejudicar nossa saúde.

Quando consumido em excesso, o molho shoyo também pode agredir as paredes do estômago, causando dor.

molho shoyo

Como consumir molho shoyo de forma segura

Quando consumido de forma segura, o molho auxilia na digestão e deixa sua refeição ainda mais gostosa. Confira 3 cuidados ao consumir o molho shoyo:

  • Reserve o uso para quando for em um restaurante japonês, evitando excessos
  • Deixe para usá-lo no tempero apenas dos pratos tradicionais que já o levam na composição, como o yakisoba.
  • Busque opções com menos sódio, como o shoyo light.

O molho shoyo é tradicional da gastronomia japonesa e não pode faltar em restaurantes do ramo, principalmente para ser consumido com sashimis e comidas fritas. Ele aguça o sabor de alguns alimentos e marcara gostos azedos.

Por conta disso sabemos que ele é um dos molhos mais queridos da cultura japonesa, e como falamos nesse post, ele é fácil de ser consumido e possui sim suas vantagens para o nosso corpo!

Assim, te indicamos seguir as dicas que demos acima e consumi-lo com cautela e bom senso. Jamais se esqueça: A diferença entre o veneno e o antídoto é a dose!

Leia também:

Siga-nos:
https://i1.wp.com/blog.aeru.com.br/wp-content/uploads/2017/11/molho-shoyo.jpg?fit=1024%2C706https://i1.wp.com/blog.aeru.com.br/wp-content/uploads/2017/11/molho-shoyo.jpg?resize=150%2C150Bárbara CavalcanteArtigosmolhos,saúdeA maioria de nós - amantes da gastronomia japonesa - já usa o molho shoyo não só para acompanhar o sushi e sashimi, mas para temperar pratos do dia a dia e dar aquele toque especial na comida num dia em que ela está mais sem graça. O que muitas... Cultura Japonesa - Notícias, Novidades e muito mais!